[ ]
ÚLTIMAS NOTÍCIAS


PARCEIROS
Pedro Siqueira afirma conversar com Nossa Senhora por meio de dom da profecia
Publicado em 24/12/2011, às 20:01, por Victor Hugo Vieira.

Um homem comum, mas uma ferramenta especial na terra. É assim que o jovem rapaz é descrito.


No dia 24 de dezembro do ano passado (2011), foi exibido no programa “TV Xuxa” da Rede Globo de Televisão uma reportagem sobre Pedro Siqueira (foto), um rapaz de quarenta anos residente no Rio de Janeiro, que possui o dom da profecia, proveniente no Espírito Santo, através de Nossa Senhora. 

“Pedro é um homem simples, casado, tem seu emprego e filhos. Pedro é uma ferramenta muito especial aqui na Terra. E com um dom singular de Deus, através de Nossa Senhora. Ele reza um terço de forma muito simples, ele entra na nossa alma”, destaca alguns depoimentos. 

“O contato com o mundo espiritual todos nós temos, eventualmente, algumas pessoas podem ter esses tipos de premonições, intuições, visões. Mas talvez algumas pessoas venham com essa missão específica”, salienta Pedro. 

E continua dizendo que “depois que a Renovação Carismática Católica entrou no Brasil eles conseguiram explicar esses tipos de dons, pois há pessoas que podem ver, ouvir, pessoas que têm uma palavra de sabedoria, de discernimento, ou um dom de profecia”. 

“Também chamamos de dons carismáticos, a cada um é dado um dom de acordo com a abertura do seu coração, e se pegarmos uma passagem da carta de São Paulo aos Coríntios, encontramos uma descrição detalhada de cada um desses dons, uma manifestação do Espírito Santo a cada pessoa”, disse padre Anderson Guerra da Igreja Nossa Senhora dos Aflitos em São Paulo. 

“Depois dos 22 anos, resolvi colocar meu dom a serviço, nessa época dentro do meu peito uma voz ressoava, era Nossa Senhora que dava mensagens paras as pessoas. A pessoa sabe que Deus está cuidando dela, está abraçado com ela, que Nossa Senhora está com ela, a pessoa passa a ver o mundo de outra forma”, lembra Pedro. 

“Uma locução interior, não é fala nossa materializada em palavra, mas sim uma tradução interior no coração. Deus não quer que nos sacrificamos, vivamos sérios, vivamos isolados do mundo, Ele quer que vivamos felizes, que nos sintamos amados por ele”, coloca frei João Antônio Espejel da Igreja São José de Queluz no Pará. 

“Por que é de Deus tudo isso que ele faz? Porque a gente percebe que ele não quer se promover em cima disso, o que ele quer é simplesmente levar o amor de Jesus e o amor de Nossa Senhora para as pessoas”, salienta padre Anderson. 

Depoimento 

“O meu cavalo caiu comigo num treino, eu fiquei paralítico, e a última coisa que tenho agora é a condição de ser pai e esposo, e naquela hora também eu tomava a decisão de me matar”, diz Thomaz Magalhães. 

Sua esposa, Clara Magalhães salientou que “no dia que ele caiu de cavalo e ficou paralítico, a imagem de Nossa Senhora de Fátima foi ao hospital visitá-lo e eu implorei que ela que é a mãe intercedesse pelo meu marido”. 

“E nesse dia o Pedro no meio do terço ele olhou para mim e para minha esposa e disse: ‘interessante, estou vendo São Bento atrás daqueles dois, faz dois anos que não o vejo, e ele está sendo muito expressivo e está dizendo que ele intercedeu diretamente sobre a vida deles, e principalmente dele que queria se suicidar”, encerra Thomaz. 

Sua missão 

“Eu ainda não sei qual seria minha missão em detalhes, mas eu sei uma coisa, que eu estou aqui para convidar as pessoas a serem amigas de Deus, essa é a minha missão em termos genéricos, isso eu tenho certeza, não só para dar minha mensagem mas para trazer as pessoas para uma vida espiritual.”, conclui Pedro Siqueira.

Da redação do Portal Ecclesia.

Da redação do Portal Ecclesia.